top of page
  • Foto do escritorMarketing Intelliway

Inteligência Artificial Geral está a caminho? IA na Ciber Segurança, como se prevenir?

Atualizado: 22 de mar. de 2023


Esse é o nosso primeiro IntelliFeeds, a Newsletter da Intelliway sobre as tendências da tecnologia, abrangendo Inteligência Artificial, Cyber Security e GRC.


Acompanhe os destaques:

  • Inteligência Artificial Geral está a caminho, segundo CEO da OpenAI

  • Inteligência Artificial na Ciber Segurança.

  • Modelo de linguagem concorrente do ChatGPT criado pela Meta é vazado

  • Elon Musk está montando time para criar rival do ChatGPT

  • Romênia é o primeiro país do mundo a adotar IA para assessoramento governamental

  • Você conhece os padrões arquiteturais no desenvolvimento de software?

Ficou sabendo?

Inteligência Artificial Geral está a caminho, segundo CEO da OpenAI


O CEO da OpenAI, Sam Altman, afirmou que a empresa está se preparando para a chegada da inteligência artificial geral (AGI, na sigla em inglês), um sistema capaz de executar qualquer tarefa intelectual humana. Embora reconheça os riscos envolvidos no desenvolvimento dessa tecnologia, Altman acredita que os benefícios potenciais são grandes demais para serem interrompidos.


Segundo Altman, a AGI pode ser usada para resolver muitos dos problemas mais urgentes do mundo, como a mudança climática, doenças e a desigualdade econômica. Ele argumenta que, embora a AGI possa apresentar riscos significativos, como a perda de empregos e o potencial uso indevido, a tecnologia pode ser usada de maneiras positivas e transformadoras se for desenvolvida de forma responsável. A OpenAI está trabalhando em projetos que visam desenvolver uma IA segura e benéfica para a humanidade, e Altman espera que outras empresas de tecnologia também se envolvam nesse esforço para garantir que a AGI seja uma força positiva na sociedade.


Inteligência Artificial na Ciber Segurança


🚨 Você sabia que o vazamento de dados de empresas é um problema cada vez mais frequente? A tecnologia também é utilizada para sofisticar golpes digitais, tornando-os ainda mais perigosos. 😱


A Utilização de Inteligência Artificial diminui os problemas relacionados com a cibersegurança? Um algoritmo consegue, por exemplo, encontrar padrões e solucionar problemas com alta precisão e eficácia?


SIM! Veja algumas soluções que a IA pode proporcionar a prevenção contra-ataques:


Análise de ameaças: As ferramentas de IA podem analisar grandes quantidades de dados para detectar padrões que indiquem a presença de ameaças de segurança, como ataques de phishing ou malware.


Prevenção de ataques: As ferramentas de IA podem ser treinadas para reconhecer padrões de comportamento que indiquem um ataque em andamento e bloquear o acesso aos sistemas ou alertar os administradores de sistema para tomar medidas.


Gerenciamento de vulnerabilidades: As ferramentas de IA podem ajudar a identificar vulnerabilidades em sistemas e aplicações, o que permite que os administradores de sistema as corrijam antes que sejam exploradas por atacantes.


Autenticação de usuários: As ferramentas de IA podem ser usadas para verificar a identidade dos usuários, por exemplo, analisando a voz ou a biometria facial. Isso pode ajudar a evitar que os atacantes acessem sistemas com senhas roubadas.


Monitoramento de acesso: As ferramentas de IA podem ser usadas para monitorar o acesso a sistemas e aplicações, detectando padrões suspeitos que podem indicar a tentativa de um ataque ou fraude.



Modelo de linguagem concorrente do ChatGPT criado pela Meta é vazado


Recentemente, um modelo de linguagem lançado pela Meta vazou, causando preocupações com relação a seu uso indevido. O modelo, chamado LLaMA, é similar ao ChatGPT e tem cerca de 220 GB. A empresa havia compartilhado o sistema apenas para fins de pesquisa, mas instruções sobre como fazer o download do modelo foram publicadas no GitHub, o que gerou temores sobre o possível uso do LLaMA para fins nefastos.


A Meta, anteriormente conhecida como Facebook, não comentou publicamente sobre o vazamento do LLaMA, mas a empresa havia compartilhado o modelo apenas com uma pequena comunidade de pesquisadores, que concordaram em usar o sistema apenas para fins acadêmicos. Agora, com o modelo disponível publicamente, há preocupações de que o LLaMA possa ser usado para criar deepfakes e outros conteúdos falsos e enganosos, o que levanta questões sobre a necessidade de regulamentação mais rigorosa para modelos de linguagem avançados como esse.


A Intelliway e a inclusão de jovens em situação de vulnerabilidade social no cenário profissional


Instituto oportunidade/Visita a sede da Intelliway


Os jovens em situação de vulnerabilidade social e financeira, participantes do Instituto Oportunidade Brasil, receberam alguns ensinamentos do CTO Fred Comerio e CEO Carlos Brandão.


Tivemos uma conversa importante sobre os desafios do mundo da TI. Outro ponto alto do dia foi a palestra sobre o mercado de trabalho atual com Kleber Alves, fundador do grupo Educavix.


A Intelliway agradece a visita do instituto e visa promover sinergia com o mercado e oportunidade para os jovens do IOB.


Conheça: O instituto Oportunidade Brasil, denominado e identificado como IOB, é uma associação civil, entidade de fins não econômicos e de fins não lucrativos, criada sob a forma de associação de direito privado. São uma Instituição em busca de potencializar as oportunidades para jovens negros alcançarem um futuro promissor.


Elon Musk está montando time para criar rival do ChatGPT


Elon Musk, o visionário fundador de empresas como Tesla, SpaceX e Neuralink, está montando um time de especialistas para criar um chatbot rival ao ChatGPT, modelo de linguagem natural desenvolvido pela OpenAI. As recentes críticas do empresário aos filtros de conteúdo utilizados pela OpenAI sugerem que seu chatbot teria menos restrições sobre assuntos polêmicos.


A primeira contratação de Musk para este projeto foi Igor Babuschkin, um ex-pesquisador da DeepMind, empresa de inteligência artificial do Google. A contratação de Babuschkin, que trabalhou em projetos de aprendizado por reforço, é um sinal claro de que Musk pretende criar um chatbot com habilidades avançadas de conversação e tomada de decisões, capaz de superar as limitações do ChatGPT e oferecer aos usuários uma experiência mais rica e envolvente. Ainda não há previsão de quando o chatbot de Musk estará disponível para o público, mas é certo que ele terá grande impacto no mercado de conversação artificial.


Romênia é o primeiro país do mundo a adotar IA para assessoramento governamental


A Romênia se tornou o primeiro país do mundo a adotar a Inteligência Artificial (IA) para assessorar o governo na elaboração de planos de ação. O sistema de IA, chamado Ion, foi desenvolvido para analisar sugestões da população e tomar decisões mais precisas e eficazes. O Ion consegue processar grandes quantidades de dados em pouco tempo, permitindo ao governo responder rapidamente às necessidades dos cidadãos. A Romênia espera que a IA ajude a combater a corrupção, aprimorar o planejamento estratégico e tomar decisões mais justas e imparciais. Apesar das preocupações com a privacidade e a segurança dos dados, os desenvolvedores do Ion afirmam que o sistema foi projetado para proteger a privacidade dos usuários e evitar violações de segurança.


A Romênia está se destacando como líder mundial na adoção de tecnologias inovadoras para melhorar a governança e fornecer serviços mais eficientes e eficazes aos cidadãos. O governo espera que o Ion seja um exemplo para outros países e que sua abordagem inovadora para o uso da IA no governo possa inspirar outras nações a seguir o mesmo caminho. Com a introdução da IA no processo governamental, espera-se que a transparência e a eficiência na gestão pública sejam melhoradas, tornando as decisões tomadas pelo governo mais informadas e alinhadas às necessidades dos cidadãos.


Você conhece os padrões arquiteturais no desenvolvimento de software?


Padrões arquiteturais são soluções reutilizáveis para problemas comuns de design de software, baseados em melhores práticas e experiências anteriores. Eles são importantes porque podem ajudar a reduzir o risco de problemas comuns de design e aumentar a qualidade do software produzido, permitindo que os desenvolvedores se concentrem em aspectos mais específicos do projeto de software. Conheça alguns deles:


Microserviços: é um padrão de arquitetura de software que divide um sistema em pequenos serviços autônomos, cada um focado em resolver um problema específico. Cada serviço é desenvolvido e escalado independentemente, permitindo que a equipe de desenvolvimento trabalhe com mais agilidade e eficiência.


Serverless: É um modelo de desenvolvimento integrado à nuvem que permite criar e executar aplicações sem gerenciar servidores. Ele também pode incluir a utilização de serviços de terceiros para tarefas específicas, economizando tempo e evitando erros comuns de desenvolvimento.


Orientado a Eventos: O padrão de arquitetura de software orientado a eventos é uma abordagem que permite que diferentes partes do sistema gerem e reajam a eventos de acordo com suas regras de negócio. Ele permite respostas rápidas em tempo real e torna o sistema mais modular e escalável.



Um grande abraço do time IntelliFeeds.

Comments


bottom of page