top of page
  • Foto do escritorMarketing Intelliway

Investimentos em Segurança de Dados: O Papel da LGPD para as Corporações

Ao mesmo tempo que aconteceu um grande avanço na tecnologia nos últimos anos, também cresceu a necessidade de investir em sistemas para proteção de dados.


Isso porque a quantidade de dados coletados diariamente é muito grande, e cada vez cresce mais. Na verdade, algumas empresas coletam dados a todo instante. E como dentre esses dados existem informações básicas como nome e idade, mas também dados mais delicados, é preciso protegê-los.


Por exemplo, é possível que uma empresa tenha dados como CPF, endereço, número de telefone e até os dados bancários de um cliente. Portanto, é de responsabilidade das empresas manter esses dados seguros em um sistema automatizado. Além disso, um sistema capaz de lutar contra possíveis invasores em contas e bancos de dados.


A proteção de dados ficou ainda mais importante depois que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi criada. Continue lendo para entender melhor sobre os investimentos em proteção de dados e o papel da LGPD nesse cenário.


A crescente importância da segurança de dados para as corporações


No passado, muitas empresas armazenavam informações de clientes em cadernos ou sistemas offline. Contudo, com o passar do tempo e desenvolvimento da tecnologia, isso começou a acontecer em sistemas online.


Essa mudança deixou muito mais fácil o controle de clientes para empresas. Além disso, com a automação de processos e Inteligência Artificial é possível fazer relatórios e análises que antes não eram viáveis. Isso porque esse tipo de atividade requer uma análise rápida de muitos dados e informações.


Ainda que existam diversas vantagens para as corporações, tudo isso tem um lado negativo também. Nesse sentido, as empresas precisam cada vez mais investir em soluções de proteção de dados.


Proteção de dados: uma necessidade


Coletar dados é importante para qualquer negócio, e essa ação acontece o tempo todo. Em determinadas situações, o compartilhamento de dados sensíveis como endereço e detalhes bancários acontece.


Nesses momentos, o cliente precisa se sentir seguro de compartilhar tais dados com a empresa. Afinal, ninguém quer ter as suas informações pessoais disponíveis para pessoas não autorizadas.


Dessa forma, ter o suporte de uma empresa com conhecimento e experiência no desenvolvimento de sistemas de proteção de dados se faz necessário.


Riscos e consequências de vazamentos e incidentes de segurança


Para que uma empresa seja confiável e tenha boa reputação, várias estratégias podem ser utilizadas. De fato, a reputação se relaciona com a forma como pessoas externas enxergam o negócio.


Levando isso em consideração, é necessário que todas as empresas tenham proteção de dados.


Assim, conseguem reduzir as chances de um vazamento de dados e suas consequências. E com isso, a reputação e confiança das pessoas na corporação seguem positivas.


Riscos e consequências


Um vazamento de dados acontece quando não há um sistema de proteção de dados funcionando. Este tipo de ação é considerado um crime, e como acontece através da internet é chamado de cibercrime.


Quando uma empresa sofre um ataque como esse, informações pessoais de clientes, colaboradores e outros são acessadas por criminosos e pessoas não autorizadas. Como consequência, quem teve seus dados compartilhados pode sofrer danos financeiros e morais graves.


Além disso, também pode acontecer o vazamento de vídeos, fotos e conversas particulares e profissionais das pessoas.


Com isso, a empresa que não investiu na proteção de dados acaba precisando lidar com as reclamações e até ações legais causadas pelo vazamento de dados.


Construindo confiança e reputação


A fim de construir confiança e reputação com clientes e até mesmo colaboradores, existem alguns pontos importantes a considerar.


1. As pessoas estão cansadas de se sentirem vigiadas


As pessoas estão cada vez mais atentas ao fato de que estão sendo vigiadas e até mesmo controladas pelas empresas. Portanto, garantir a privacidade das pessoas é indispensável hoje.


Dessa forma, os clientes, por exemplo, se sentem mais tranquilos ao compartilhar suas informações pessoais em cadastros e no momento de fazer uma compra online.


Além da confiança, as pessoas se sentem mais livres para escolher seus produtos e serviços. E também compartilhar suas boas experiências com as empresas.


Tudo isso, é claro, traz resultados positivos para o negócio e consequentemente cada vez mais clientes voltam para fazer suas compras.


2. Os clientes gostam de saber as regras da empresa


Muitos consumidores hoje sabem que seus dados estão sendo coletados e armazenados pelas corporações. Porém, muitas vezes não entendem como esse processo acontece.


É nesse sentido que explicar as regras da empresa para privacidade e proteção dos dados faz a diferença. Quando alguém conhece as regras por trás de algo, essa pessoa se sente no controle. E isso acontece com os dados pessoais, que são tão importantes para cada um de nós.


Portanto, deixar o controle dos dados nas mãos das próprias pessoas faz com que a reputação da empresa aumente.


Nesse cenário as empresas têm acesso aos dados dos clientes, mas estes ainda pertencem a cada indivíduo.


3. A transparência é muito valorizada


Quando uma empresa tem políticas claras de proteção de dados fica muito fácil de perceber que a empresa é transparente.


Os clientes gostam de ter essa percepção, e quanto mais simples for a comunicação da corporação melhor.


Dessa forma, deixando claro o que a empresa vai fazer com os dados pessoais dos clientes, a confiança cresce muito. Consequentemente, é mais fácil até mesmo captar dados das pessoas que nem são clientes ainda.


Manutenção e atualização dos processos de segurança de dados após a implementação da LGPD


Com o surgimento da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) a segurança de dados ficou mais estruturada. Colocando os princípios da Lei em prática é possível controlar melhor dados pessoais e ter o acesso a eles de forma organizada.


A fim de adaptar a empresa a essa nova realidade é preciso fazer uma série de mudanças e investimentos. E então, depois de tudo implementado, começa o trabalho de manutenção e atualização.


Essas etapas finais são importantes porque o mundo está em constante mudança. Cada vez mais existem golpes e novas formas de invadir sistemas de empresas. Assim, os seus protocolos e formas de garantir proteção de dados precisam se atualizar.


Promovendo uma cultura de segurança da informação entre os colaboradores


Os colaboradores de uma empresa são muito importantes para manter a segurança da informação e a segurança de dados. Isso porque são essas pessoas que têm acesso aos sistemas, e quem utiliza os dados para análises ou proteção.


Portanto, criar uma cultura de segurança de dados é essencial. Isso pode acontecer através de eventos especiais. Também pode ser interessante realizar treinamentos in company sobre o assunto.


E a todo momento, deixar claro que não é ético compartilhar qualquer informação pessoal de um cliente ou até mesmo um colega de trabalho. Conhecendo essas diretrizes e os processos da empresa, os colaboradores terão maior adesão a essa cultura.


Dessa forma, todos se beneficiam. Os clientes confiam na corporação como um todo, o que inclui os colaboradores. As pessoas que estão trabalhando entendem a importância do que fazem e contribuem para uma melhor reputação.


E, sem dúvidas, o valor da empresa aumenta, o número de vendas sobe e o faturamento cresce.


Entre em contato com nosso time e saiba mais sobre nossos serviços de Governança, Risco e Compliance (GRC).




79 visualizações
bottom of page